Vaquinha virtual candidata Sargento Janethe

A minha candidatura a vereadora foi oficializada pelo Partido Progressista (PP) no dia 16 do corrente mês, e na condição de candidata a vereadora pela cidade de São Paulo, a colaboração de familiares e amigos é imprescindível para levar esse projeto para o bem da cidade de São Paulo.

cesta do bem

A sua contribuição para que eu possa divulgar a minha candidatura junto a população paulista, tendo em vista que quem não é visto não é lembrado, é salutar. Precisarei de recursos financeiros para custeio de combustível, alimentação de apoiadores, e custeio de faixas e banner, e essa é a proposta da ‘Vaquinha Virtual’.

Até o momento, tenho anunciado minha pré-candidatura e candidatura, mas a partir do dia 27, quando se dá o início da campanha política, a contribuição dos meus amigos será de muita valia para mim.
A minha proposta como represente dos interesses dos cidadãos paulistano, será:

  • Fiscalizar os atos do prefeito e sub-prefeitos;
  • Propor e apoiar projetos de leis que atendam o interesse do paulistano.

A minha conduta sempre foi pautada pela honestidade e transparência nos mais de 30 anos de serviço prestados à população paulista, e essa é a minha marca.

Acesse o link e faça uma doação!

Além de fiscalizar as ações da prefeitura e propor projetos de leis de interesse do paulistano, minha prioridade é buscar entendimento com os demais atores políticos entorno de projetos que busquem a emancipação do munícipe em situação de pobreza e exclusão social, avançando para além das políticas públicas de cunho assistencialista ou tutelar. Cidadania plena é a minha bandeira, com serviço público de qualidade para o munícipe priorizando educação, saúde, mobilidade urbana e lazer!

Como segurança é essencial, se faz necessário analisar todos os projetos propostos para a cidade sob o prisma da segurança pública, ouvindo os servidores do Estado e do município que atuam na área.
Pensar uma cidade é ter iniciativa, para que possamos fugir das políticas reativas decorrentes de gestões desastrosas. Por isso digo: ‘Convocada pela coragem, movida pela atitude’.

 

Legislação

Desde 15 de maio, o TSE autorizou os candidatos das Eleições Municipais de 2020 a receberem doações por meio do financiamento coletivo, sistema de arrecadação por meio de doações online, mas conhecido como ‘vaquinha On-line’.

O valor arrecadado só será utilizado após a oficialização das candidaturas, em setembro, quando se dará o início oficial da campanha eleitoral.

Os recursos arrecadados na fase de pré-campanha somente serão disponibilizados após o seu registro de candidatura na Justiça Eleitoral, quando se obtêm o CNPJ da campanha e a abertura de conta bancária específica.

Na hipótese do candidato não solicitar o seu registro de candidatura, as doações recebidas durante o período de pré-campanha devem ser devolvidas pela empresa arrecadadora diretamente aos respectivos doadores.

De acordo com a Lei nº 9.507/1997 (Lei das Eleições), os candidatos somente podem contratar as empresas de financiamento coletivo que estejam cadastradas na Justiça Eleitoral. A lista de instituições credenciadas pode ser consultada no Portal do TSE.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *